setembro 20, 2021
  • setembro 20, 2021
Novidades

Edição 04 – Crônica: “Carência de liderança” – Suplemento Araçá

por no setembro 12, 2020 0

Carência de liderançaHelena Corrêa Certo de que estamos vivendo cada vez mais em um mundo globalizado onde cada vez mais os movimentos estão na palma de nossas mãos, surge uma pergunta: “o que tem te liderado”? “A quem você tem se inclinado e até seguido como modelo”? Usando uma analogia bem imaginária vamos exemplificar:...

Leia Mais

Edição 04 – Crônica: “Não é só falta de educação. é falta de amor” – Suplemento Araçá

por no setembro 12, 2020 0

NÃO É SÓ FALTA DE EDUCAÇÃO. É FALTA DE AMOR.Altamir Lopes “Por causa do aumento do que é contra a Lei, o Amor da maioria se esfriará” – declara uma das máximas proféticas das escrituras sagradas referindo-se aos nossos hodiernos dias. E, tal qual verdade insofismável, encontramos nessa mesma máxima algo quase semelhante a...

Leia Mais

Edição 04 – Crônica: “Mais uma que ninguém esperava” – Suplemento Araçá

por no setembro 12, 2020 0

MAIS UMA QUE NINGUÉM ESPERAVA.Zé Salvador Não bastasse o coronavírus (essa peste) nos causando a pandemia, agora vem outra ameaça, a praga de insetos, só vista antes nas sete pragas do Egito. Uma nuvem de gafanhotos que se formou no Paraguai, passando por algumas partes da Argentina”, ameaça agora entrar no território brasileiro, pela...

Leia Mais

Edição 04 – Crônica: “Bons profissionais são bons seres humanos” – Suplemento Araçá

por no setembro 12, 2020 0

Bons profissionais são bons seres humanosÉrica da Costa Barros Certa vez li em uma rede social a seguinte frase: “Antes de ser um bom profissional, seja um bom ser humano”, e fiquei refletindo sobre a prática dos que trabalham com a Educação. Há muita discussão acerca dos termos “tia” e “professora”, da valorização dos...

Leia Mais

Edição 04 – Crônica: “A Vendedora de Enciclopédia” – Suplemento Araçá

por no setembro 9, 2020 0

A VENDEDORA DE ENCICLOPÉDIAOswaldo Eurico Rodrigues Não conhecíamos Internet. Os computadores eram enormes e presentes somente em bancos e repartições públicas. Os livros reinavam como veículos de cultura. Era praticamente nossa única mídia. Pelo menos a mais respeitada. Quando recebíamos a incumbência de pesquisar sobre algum assunto, nossa fonte era o livro. Nele acreditávamos...

Leia Mais