junho 20, 2021
  • junho 20, 2021
Novidades

5ª edição – Crônica: “Uma Fake New chamada Photoshop”

By Redação no outubro 15, 2020
0 146 Views

Uma Fake New chamada Photoshop.

Uma fotografia 3×4, tirada com certeza, para documentos, dormia no chão do ônibus, ali perto da roleta. Um senhor grisalho, boa aparência, de óculos escuros – era de manhã – viajava tranquilo, no ônibus linha 43, via Ceasa, o sol estava já esquentando. Detalhe: era o único passageiro sem máscara. Por isto, os outros passageiros estavam evitando sentar ao seu lado. No que estavam certos. Com os olhos passeando no aéreo, os fez fixos na roleta, de repente olhou para o chão. Veículo em movimento. Levou à boca o dedo indicador – o fura-bolo – e, umedecendo a ponta, o esfregou no polegar. Curva-se ao máximo que consegue se segurando nos apoios, e leva o dedo direto na foto que descansa no assoalho, o sono dos esquecidos. Primeira tentativa, frustrada; segunda tentativa, sua pesca cai no meio do caminho; terceira tentativa consegue trazê-la presa entre os dedos. Retira os óculos escuros, põe uns óculos de graus. Observa a fotografia. De onde eu estava leitor, curioso que me fiz, deu para ver que era uma foto colorida e tinha cabelos longos.

Dois bancos atrás dele, paralelo ao meu, uma morena, cabelos longos, tipo índia. Usando óculos Ray-ban escuros, o fez olhar para a foto e em seguida para ela, tentando encontra-la naquela foto. Virado com desconforto, para trás, analisa as passageiras e observa as possibilidades de que esteja ainda no ônibus a pessoa que figurava naquela foto. Eu o acompanho com o olhar, pois fiquei curioso. De repente, o homem levanta, caminha pelo corredor em direção a um assento, bem atrás de mim. Se dirige a uma senhora que mexia num celular e pergunta:

– É a senhora, a pessoa desta foto?

A mulher, baixa um pouco a máscara, olha aqueles olhos por trás das lentes de graus e reponde:

– É sim. Agradecida.

E pega a foto se resguardando, pois o homem ainda estava sem máscara. Ele olhou mais uma vez, fixamente, para a mulher e para foto, antes de entregá-la. Tirou a máscara do bolso e pôs na cara, meio que decepcionado; desistindo de uma possível e cafajeste cantada. Pois a foto nada tinha a ver com a pessoa que se dizia ali retratada. Ele, decepcionado que estava, já de máscara, olhou em minha direção e disse:

– Fake news. O que não faz uma photoshop?

Eu, que já tinha puxado o sinal para descer, só balancei a cabeça, com o meu sussurrado e costumeiro, PoiZé!

_________________________
Sobre o autor:

ZÉ SALVADOR, é como é conhecido JOSÉ WASHINGTON DE SOUZA. Cearense de Tianguá. Mora em São Gonçalo, há 43 anos. Aposentado do comércio, poeta trovador, cordelista, sonetista, contista. Está vice-presidente da UBT, Sessão São Gonçalo RJ – Biênio 2019-20. Tem algumas medalhas, ganhas em concursos de trovas. Foi agraciado em 2019 com o troféu, ARTE EM MOVIMENTO, oferecido pelo artista plástico Zép Pereira, pelo trabalho coletivo feito em São Gonçalo. Ganhou o 1º lugar com o cordel, MOCHILA QUE GUARDA MEDOS, realizado pela (Biblioteca Annita Porto Martins, Rio 2019) Foi agraciado com o 3ºlugar no concurso de cordel da Academia de Cordel do Vale do Paraíba com a obra: MESTRE SIVUCA, UM SANFONEIRO ALÉM DA IMAGINAÇÃO. Figura em cerca de 55 antologias literárias, tem um livro de Sonetos, (VAI UM SONETO AÍ?) Ed. 2016, LERTRAS E VERSOS; e 65 cordéis publicados. Tem livros e cordéis na AMOZON.COM e muitos poemas publicados no RECANTO DAS LETRAS. Escreve uma coluna na Revista ENTRE POETAS & POESIAS e no suplemento ARAÇÁ; faz apresentações em colégios e ministra oficinas de cordel. É membro da Academia Brasileira de Literatura de Cordel ABLC. Ocupa a cadeira nº 40 – antes ocupada pelo poeta Arievaldo Viana – que tem como patrono, o poeta J João Melquíades Ferreira. Contatos: E-mail: zesalvador06@email.com Cel.: Face Book e WhatsApp (21) 9 8024 4279.

_____________________________
Quer receber os textos do Suplemento Araçá no WhatsApp ou no Telegram? Então, acesse nossos grupos nos links abaixo. Muita poesia, crônica, enfim muita literatura de qualidade e gratuito. Vale a pena.

Link do WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/DnuuxC0UwED5liEjqXoZg7

Link do Telegram: https://t.me/joinchat/TrCqZhkAun0FH5enV2rwgQ

Redação

O suplemento literário Araçá é um projeto da Revista e Editora “Entre Poetas & Poesias” e foi criado com objetivo de divulgar e propagar a arte a todos os cantos do Brasil e do mundo. Um periódico cultural que nasceu para tornar o cotidiano dos leitores mais suaves com mensagens líricas, filosóficas, entrevistas, poesias, artigos acadêmicos, debates educacionais, entre outros.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *